FAVORITOS,  PEREGRINAÇÕES

Tudo o que você precisa saber sobre os tipos de peregrinação!

A palavra peregrinação vem do latim per agros, que significa “pelos campos”. De forma popular, seria uma jornada rumo a lugares santos ou de devoção, ainda que o peregrino não siga uma religião específica. Essa jornada pode ser feita em grupos guiados ou de forma individual, e existem alguns tipos de peregrinação para escolher.

Está pensando em fazer uma peregrinação, mas ainda precisa aprender um pouco mais sobre o assunto? Então este post é para você! Falarei sobre algumas curiosidades e darei dicas para você começar a planejar a sua viagem. Boa leitura!

Curiosidades sobre peregrinação

O termo peregrino ficou conhecido dessa forma por volta da primeira metade do século XII, denominando os cristãos que viajavam à Roma ou à Terra Santa, hoje conhecida por Israel. No entanto, escritos revelam que essas jornadas podem ser ainda mais antigas.

Um exemplo é a Catedral de Santiago de Compostela que, de acordo com os textos, foi construída no mesmo local onde passaria outra rota, a Finisterra. A história também nos mostra que as peregrinações eram comuns no antigo Egito, na Pérsia, na Índia, na China e no Japão.

De forma geral, peregrinar envolve uma rota e um destino, mas engana-se quem pensa que basta caminhar e aproveitar a paisagem. Não! Uma peregrinação envolve muito mais que uma mochila nas costas e bons calçados.

Ainda que esses itens sejam fundamentais, um bom peregrino é aquele que se prepara e tem um propósito bem definido para o trajeto. Assim, para cada pessoa a peregrinação terá um significado diferente, que pode ir desde a busca pela espiritualidade a pesquisas sobre lugares e acontecimentos históricos.

Tipos de peregrinação

Como eu disse no início do texto, é preciso se preparar e saber exatamente o porquê de fazer uma peregrinação. Para isso, é necessário entender quais são suas intensões e expectativas com a jornada e o que é necessário ter e fazer antes de começar.

Iniciaremos as dicas com os tipos de peregrinação existentes. Acompanhe!

Romaria

A romaria é um tipo de peregrinação em curta distância com a intenção de alcançar uma graça em um local sagrado. O termo romeiro teve origem na Europa e significa “pessoa que viaja para Roma”. O trajeto pode envolver festas, cantos e procissões religiosas.

Penitência

Nesse tipo de peregrinação, geralmente de cunho religioso, os peregrinos caminham em busca de redenção e expiação de seus pecados. Dessa forma, é normal realizarem sacrifícios como jejum, votos de silêncio ou andar de joelhos durante parte ou todo o trajeto.

Festas Sagradas

Também um tipo de peregrinação que atrai milhares de pessoas pelo mundo, as Festas Sagradas — como a encenação da Paixão de Cristo — são muito populares e especiais aos devotos. Elas também são comuns em outras religiões além da Católica.

Peregrinação

Por último, a peregrinação propriamente dita, que pode ter ou não cunho religioso. Seu objetivo pode ser o de cumprir uma promessa ou, em muitos casos, conhecer a si mesmo e se conectar com a natureza ou com sua espiritualidade. Esse tipo de peregrino tem se popularizado ao longo dos anos.

Powered by Rock Convert

Itens indispensáveis

Antes de listar esses itens, é importante ressaltar a importância de levar o mínimo de coisas possível nesse tipo de roteiro. Esta é a minha lista:

  • duas camisetas, preferencialmente de mangas longas tanto no frio quanto no calor para proteção dos raios solares;
  • uma jaqueta impermeável (ou uma capa de chuva);
  • uma calça (pode ser daquelas que viram short, por exemplo);
  • dois pares de meias, uma para a caminhada e outra para após o banho;
  • um par de tênis para caminhada e um par de chinelos ou papete para descanso;
  • chapéu ou boné para proteger a cabeça de possíveis queimaduras;
  • roupa íntima;
  • uma troca de roupas para após o banho, como uma legging ou calça mais leve e uma camiseta;
  • outra jaqueta para o caso de peregrinações em épocas mais frias;
  • produtos de higiene pessoal em embalagens pequenas para não ocupar espaço;
  • protetor solar;
  • uma boa mochila com capacidade para 30 litros ou menos.

Esses são os itens indispensáveis para que a sua peregrinação transcorra de forma positiva e você possa aproveitar de fato a jornada.

Escolhas de destino

Parte integrante da preparação é a definição do destino. Para escolher da forma correta é importante analisar qual a sua intenção ao fazer essa peregrinação, qual o tempo e os recursos financeiros disponíveis para a sua realização e quais são as opções de roteiros para cada finalidade. Vamos falar sobre eles?

Caminho de Santiago de Compostela – Espanha

Um dos mais conhecidos trajetos de peregrinação do mundo, o Caminho de Santiago de Compostela leva os peregrinos à tumba do apóstolo São Tiago e seu caminho é indicado por setas amarelas. Seu percurso pode ter duração de 5 a 32 dias, dependendo do percurso escolhido.

Caminho de Assis – Itália

O Caminho de Assis é um percurso que leva o peregrino a lugares de alguma forma ligados a São Francisco de Assis. Um exemplo é o santuário de La Verna, onde dizem que São Francisco recebeu os estigmas.

Além disso, é considerado um caminho místico entre os peregrinos, de beleza exuberante e repleto de histórias inspiradoras passando por Caprese, cidade natal de Michelangelo e por Portico di Romana, cidade onde Dante Alighieri conheceu seu grande amor, Beatriz Portinari. 

Via Francigena – Vaticano, Itália

Com seu ponto de partida na catedral de Canterbury, a rota passa por Inglaterra, França, Suíça e Itália. Seu nome: Via Francigena, uma antiga rota de peregrinação muito importante na época medieval para aqueles que pretendiam visitar a Santa Sé e os túmulos dos apóstolos Pedro e Paulo. Composta por diversos caminhos possíveis que foram alterados de acordo com a necessidade ao longo dos séculos, a Via curiosamente não ligava cidades, mas abadias (espécie de mosteiros ou conventos).

Monte Kailash – Tibete, China

Uma pirâmide nevada é destino sagrado para hindus, budistas e jainistas. Há diversas lendas envolvendo o local e contam que nenhuma pessoa jamais conseguiu escalar o Kailash. Um grupo de estudiosos analisou a pirâmide em 1999 e chegaram à conclusão de que ela seria uma construção antiga, portanto artificial. Ainda assim, envolta em muitos mistérios.

Caminho da Fé – Aparecida do Norte, Brasil

Aqui no Brasil também temos algumas rotas, entre elas: o Caminho da Fé que leva à Basílica de Nossa Senhora de Aparecida e foi inspirada no Caminho de Santiago de Compostela. Um dos propósitos desse caminho é oferecer suporte aos peregrinos e ele é hoje um dos mais conhecidos e procurados roteiros de fé em nosso país.

Independentemente de qual seja a sua escolha, ressaltando que ainda existem centenas de outras opções de trajetos, é preciso se preparar! Peregrinar não é tão simples e exige resistência e comprometimento. Ter um propósito bem claro ajuda a percorrer a jornada até o fim e não desistir no meio do caminho.

Esses foram alguns tipos de peregrinação e os principais destinos escolhidos pelos peregrinos ao redor do mundo. De Santiago de Compostela ao Caminho da Fé, pudemos conhecer e entender como se preparar para eles e por que são tão importantes para os devotos.

Quer saber mais sobre o assunto? Assine a newsletter para receber mais conteúdos como este!

4 Comentários

  • Lara Elizabeth Bosnich Pontes

    Gostaria de fazer a peregrinação em
    Outubro. Estou próxima de GUARULHOS. Em outubro sempre via romeiros na cia Dutra.
    Existe um grupo para percorrer a via Dutra até a aparecida?
    Pode me dizer algo?

    • Cá Costa

      Oi Lara, tudo bem? As peregrinação não percorrem rodovias movimentadas como a Dutra. São caminhos que dão preferência a estrada vicinais ou de terra batida. Além de muito mais seguro, a paisagem é de tirar o fôlego 🙂 Bora peregrinar com a gente?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *